My PlayList

sábado, 23 de agosto de 2014

Por - MARIA MARTINS






Resultado de imagem para buque


Vou casar comigo mesma.
Me aceitar na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença
até que a morte me leve.








sexta-feira, 15 de agosto de 2014

O clichê do Amor - Por Adriana Lordelo


O amor aparece quando quer, do jeitinho que ele sabe fazer!
surpreende,devora, possui, exagera,maltrata, é delicioso, é doce, extravagante, sensível...
enquanto estar no glamour, no calor das emoções você ouve "Eu te amo,Meu bebe,Meu amor,
Mor, Bem, todos os dias,horas, minutos,segundos, um exagero de clichês!
O Amor supera até a dor da ausência seja ele saudável ou não!
Um dia chutam ou chutamos o pau da barraca!
E dai o "Amor" somado a nossas decisões acaba e ficamos inúteis. 
fico mal? Digo, aparentemente voluntariamente uns dias...é normal!...Afinal o sofrimento, as musicas melosas e os objetos posto em cena  fazem parte do cenário que estava em cartaz.
Depois passa e voltamos acreditar e querer tudo de novo intenso e profundo...
A coisa é bem simples ou não, cabe nós decidimos .... 
O amor é isto: O encontro e a dor da separação. (Chico Buarque)


                                 Adriana Lordelo